Turismo

Surgida no roteiro das “bandeiras”, Lorena foi berço de condes e barões, devido aos cafezais. A cidade preserva algumas memórias desse tempo na Casa da Cultura, onde atualmente há aulas de instrumentos musicais, línguas estrangeiras e exposições de arte. Ela está alojada no antigo Casarão do Conde Moreira Lima (1842 – 1926), em estilo neocolonial, e é uma das mais ricas e sólidas construções do Vale do Paraíba. O Conde Moreira Lima ajudou a construir o Santuário de São Benedito e a Catedral Nossa Senhora da Piedade.

Lorena também faz parte do circuito turístico religioso no Vale do Paraíba. O santuário de São Benedito recebe anualmente milhares de fiéis, que vem para conhecer a igreja e para participar da festa que leva o nome do Santo.
A Catedral Nossa Senhora da Piedade, Igreja Matriz de Lorena, foi erguida por meio de doações, em 1705. Ela situa-se no local de início do povoamento da cidade, ou seja, de frente para o Rio Paraíba. Porém, com a mudança no leito do rio e o desenvolvimento da população para leste, fez com que a Matriz ficasse de costas para a cidade.